Renda Fixa

Existem muitas opções de Renda Fixa atualmente. Boa parte ainda é desconhecido da maior parte dos investidores. Desbravar este novo mundo ao apresentar aos nossos clientes faz parte da Educação Financeira necessária para um portfolio diversificado e inteligente.

Conheça melhor os tipos de Investimento em Renda Fixa:

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

Títulos emitidos pelos bancos. Ao aplicar em CDB, é como se você estivesse emprestando dinheiro aos bancos em troca de uma rentabilidade. Através da plataforma XP, são mais de 40 emissores diferentes com diversos prazos e opções podendo ser atrelados ao CDI, pré-fixado ou atrelado a inflação (IPCA +). Contam coma garantia do FGC.

LCI e LCA (Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio)

Também emitido pelos bancos, com o objetivo de financiar os setores imobiliário e agropecuário. São isentos de IR para pessoa física, também podendo ser atrelado ao CDI, pré-fixado ou atrelado a inflação (IPCA +). Contam coma garantia do FGC.

LC (Letra de Câmbio)

Parecido com um CDB, porém são emitidos por empresas financeiras. Em sua maioria são atrelados ao CDI. Contam coma garantia do FGC.

Debêntures de Infraestrutura

Títulos emitidos por empresas de vários ramos, com o objetivo de gerar funding para projetos de infraestrutura. Protegem o investidor da inflação no longo prazo ao oferecer rentabilidade de IPCA + tx. de juros. Contam com isenção tributária para pessoa física.

Título Público (Tesouro Direto)

São títulos de dívida emitido pelo Governo Brasileiro, por meio do Tesouro Nacional, com o objetivo de desenvolver projetos públicos. Neste caso, o risco é o Governo não honrar com suas dívidas.